Participação Lanny Gordin Total

Date : 03 Feb 2017
Time : 21h30
Venue : SESC Pompeia
Address : R. Clélia, 93 - Pompeia, São Paulo - SP, 05042-000
State : São Paulo

Este tributo é um encontro de gerações que, há 40 anos, vem aprendendo com o mestre Lanny Gordin. 

Com produção e direção musical de Gustavo Ruiz e Guilherme Held, o show reúne artistas que cruzaram a vida em algum momento com o guitarrista.
Com apenas 13 anos de idade Lanny estava ao lado de Hermeto Pascoal, Heraldo do Monte na banda da boate Stardust acompanhando nomes como Jair Rodrigues e Elis Regina. Depois disso, Lanny imprimiu a sua assinatura em importantes discos como Gal Fatal (Gal Costa), Expresso 2222 (Gilberto Gil), Build Up (Rita Lee) e o Disco Branco (Caetano Veloso). Lanny Gordin, o guitarrista que deu o tom psicodélico junto com o maestro Rogério Duprat na Tropicalia, continua e continuará influenciando a música brasileira.
Nas duas apresentações, a banda base será formada por:

Gustavo Ruiz (guitarra), Guilherme Held (guitarra), Sérgio Machado (bateria), Fabio Sá (baixo), Pepe Cisneros (rhodes e farfisa), Maurício Badé (percussão), José Aurélio (percussão), Thiago França (sax alto e barítono), Amilcar Rodrigues (trompete e flugel), Filipe Nader (sax alto e barítono) e Allan Abbadia (trombone).

Thunderbird (Mestre de Cerimônias).

Quinta, 2/2
Participações de:

Aguilar (performance)

DJs Nuts

Arnaldo Antunes

Chico César

Edgard Scandurra
Luiz Chagas

Mariana Aydar

Negro Leo

Péricles Cavalcanti

Rodrigo Amarante

Rômulo Fróes

Tony Gordin

Tulipa Ruiz

Sexta, 3/2

Participações de: 

Aguilar (performance)

DJ Nuts

Chico César
Luiz Chagas

Heraldo do Monte

Juçara Marçal

Kiko Dinucci

Mariana Aydar

Negro Leo

Péricles Cavalcanti

Rômulo Fróes

Tony Gordin

Tulipa Ruiz

“Embora longe, estou aí nessa homenagem”

(Texto de Gilberto Gil, publicado no Estado de S.Paulo, Caderno 2, em 28/01)

Já lá se vai muito tempo desde que nos encontramos pela primeira vez. Em Sampa, na Pça. Roosevelt, numa casa noturna dedicada ao jazz e às novas correntes da música pop brasileira. Sob a batuta de seu pai, um músico eclético de formação, diversidade, lá estava Lanny, menino de 14, 15 anos, fazendo sua iniciação junto a músicos que estendiam os horizontes sonoros da época a novas dimensões. Entre eles estava Hermeto Pascoal.

Ao tempo em que frequentava essa extraordinária escola noturna de música solta, Lanny já se misturava com os meninos de sua idade que preparavam o que viria a ser o rock paulista. Entre eles, estavam Os Mutantes. E assim, de boate em boate, de porão em porão foi surgindo o extraordinário artista em que ele se tornou.

Tivemos grandes momentos de colaboração. Com Rogério Duprat à frente do projeto do disco de minha despedida antes de exílio, comigo e Roberto Menescal  no Expresso 222 e em outras oportunidades.

Hoje já somos, ambos, homens de idade. Lanny ainda empunha sua guitarra e toca com a alma leve que a vida lhe deu. Embora longe, estou aí nessa homenagem que lhe prestam agora seus admiradores e discípulos.

Viva a música, viva Lanny Gordin! 

Vendas limitadas a 4 ingressos por pessoa.

Local: Comedoria*

*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados: 150. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa às 20h30.

Ingressos: R$ 15/ R$ 30

Aos vivos

testetwetw

×